Entrada Fetiche & Bizarro Josue' e a injeção de leite (Anal / Bizarro)

Josue' e a injeção de leite (Anal / Bizarro)


JOSUE’ E A INJEÇÃO DE LEITE (Autora: Anna Zefira) ----------------------------------------------------------- . Creio que vocês ainda se lembram da história inicial da minha prima Anna Zefira, sobre um empregado da fazenda dela, chamado Josué que ela pegou dormindo em serviço. Aquele conto foi ótimo e hoje ela me pediu que publicasse uma continuação do assunto com o mesmo Josué: . Fala Anna... . Pois é Carla... Aquele tal de Josué não me deu mais sossego depois de ter me comido aquele dia ao ser pego dormindo no serviço por mim. Acabei meio escravinha dele devido ao prazer que ele me propiciava com aquele pau enorme... Mas ele era muito rude e extremamente sacana e mau. . Uma vez em que ele me enrabou eu caí na asneira de comentar que quase não tinha saído porra do meu rabo depois que ele tirou o pau fora, e ele disse: - Isso se arranja, patroinha. Na próxima lhe faço uma surpresa. . Dito e feito.... Uns dois dias depois ele me chamou ao estábulo e me vendou os olhos antes de entrarmos. Curiosa fui deixando.... Ele me guiou lá pra dentro e de repente começou a me tirar a roupa me ordenando que ficasse em silêncio. . Peladinha e vendada ele me obrigou a ajoelhar no feno e a me inclinar pra frente. Aí ainda vendada ele me atou as mãos e prendeu meus joelhos e tornozelos com grilhões, mantendo-os afastados e com a minha bunda virada pro teto. Eu estava apreensiva mas curiosíssima para saber que surpresa ele me reservara desta vez. Aí ele me tirou a venda e eu pude (apesar de amarrada, e bem amarrada..) olhar em volta e notei um balde cheio de leite perto de mim. Ele saiu e voltou com uma seringa gigante, destas usadas para inseminar vaca... . Daí eu gelei e tentei me soltar, mas ele disse: - Não pricisa fazê isforço não dona. Tá muito bem amarradinha. E eu disse - Para de brincadeira Josué e me solta daqui agora sinão desta vez eu vou mesmo te colocar no olho da rua. Mas ele não ligou... Enfiou aquele seringão no balde de leite e foi sacando o pistão deixando encher o embolo de leite de vaca. . Então disse: - Num si avexe não patroa, pois tomei o cuidado de disinfetá a ponta que vai entrar no seu rabinho de patroa safada. E eu disse: - Josué, nem pensar que vai me enfiar esta seringa na minha bunda. - Ah que vou, vou sim muié. Ocê precisa sentir o ki a vaca sente... Comecei a espernear de novo, mas só consegui me cansar e ver ele rindo da minha cara e falando: - Isso, gosto de vitima esperniando bastante antes d’eu injetá.. . Daí se ajoelhou atrás de mim e eu senti ele introduzir a ponta da seringa no meu ânus. Tentei bloquear contraindo o cú mas não consegui nenhum resultado. A ponta fina entrou direitinho no meu reto e então o Josué se levantou e segurando o êmbolo com a mão esquerda foi empurrando o pistão pra dentro do embolo com a mão direita e consequentemente o leite pra dentro do meu rabo. Senti a barriga inflar e pedi que parasse.... - Para Josué, eu juro que não reclamo mais que você põe pouco leitinho no meu cú. Eu até chupo seu pau até você gozar na minha boca mas tira essa seringa daí. Ele então tirou o biquinho da seringa do meu cú mas comandou: - Não solta não madame sinão vou começar tudo di novo. Daí foi de novo no balde e encheu mais uma seringa inteira de leite e me entuxou ela toda no rabo. Fez isso mais umas 2-3 vezes e sempre me ordenando que não soltasse, e eu achando que era a última. Quando já estava me sentindo grávida de 9 meses com tanto Leite, ele disse: - Agora pode solta’ minha vaquinha. Nem precisou segunda ordem. Foi uma sucessão de jatos que atravessavam o compartimento. Mas jatos completamente brancos de leite. Ufa que alívio..... Aí ele tirou o cacête (enorme de duro) de dentro das calças ajoelhou atrás de mim e me enrabou pra valer até gozar. Caí exausta após a façanha, e ele então me liberou e me carregou até o tanque onde me lavou toda. Eu estava tonta, zonza com aquele procedimento maquiavélico do Josué e só fiz dormir o resto do dia. Mas devo ter algum parafuso solto na cachola, pois dias depois comecei a me lembrar do acontecido e sempre ficava com tanto tesão que me masturbava até gozar e dormir. Fiquei escrava dele mesmo. Este procedimento nunca mais se repetiu (também não reclamei mais da falta de leite que não sou besta...) e ele continou me pegando varias vezes até que, como já contei antes, minha irmã mais nova me pegou dando o cú pra ele sobre a mesa da cozinha e foi contar pro meu pai que o despediu, e ele foi embora pra Minas... Cada vez mais entendo aquela milionaria Patrícia Hearst que foi seqüestrada nos Estados Unidos e acabou em Love com O seqüestrador... Beijitos pra turma do FANTASY ISLAND. Anna Zefira. [] CARLA ZEFIRA

Ler mais: Fetiche & Bizarro



Adicionar aos teus Social Bookmarks favoritos
Reddit! Del.icio.us! Mixx! Free and Open Source Software News Google! Live! Facebook! StumbleUpon! TwitThis Joomla Free PHP
 

Encontros Íntimos

Encontros Amorosos